A Associação das Colectividades do Concelho do Seixal (ACCS) surgiu da vontade do movimento associativo, no sentido de fortalecer a sua voz no diálogo com outras Entidades e acima de tudo promover o diálogo entre todos as colectividades e outras associações do concelho, com vista a uma maior cooperação e estabelecimento de objectivos comuns e/ou parcerias, visando ser um espaço primordial e até então inexistente de troca de ideias e experiências.

Foi no 3.º Encontro de Colectividades do Concelho do Seixal, realizado no dia 25 de Novembro de 2000, no Fórum Cultural do Seixal, onde estiveram representadas a esmagadora maioria das colectividades do concelho, que se decidiu, por unanimidade, criar até Abril de 2001, uma associação concelhia representante dos interesses de todas.

Para levar a efeito a tarefa de criação da Associação foi nomeada ainda nesse mesmo Encontro uma Comissão Instaladora constituída por 7 Colectividades do Concelho:

 

  • Clube Desportivo e Recreativo Águias Unidas;
  • Clube Recreativo da Cruz de Pau;
  • Independente Futebol Clube Torrense;
  • Centro Cultural e Recreativo Alto do Moinho;
  • Clube de Pessoal da Siderurgia Nacional;
  • Clube de Campismo Luz e Vida;
  • União Recreativa Juventude Fernão Ferro.

 

Volvidos cerca de 5 meses, de reuniões e outro trabalho necessário efectuado pela Comissão Instaladora, a A.C.C.S. tornou-se oficialmente uma realidade no nosso Concelho, a 30 de Março de 2001, tendo sido aprovados em Assembleia Geral Constituinte os Estatutos por unanimidade. Nesse mesmo dia e em Assembleia Eleitoral foram eleitos os primeiros Órgão Sociais que tomaram posse a 30 de Abril de 2001.

Actualmente a ACCS funciona no Centro de Recursos do Movimento Associativo em instalações cedidas pela Câmara Municipal do Seixal e desenvolve a sua actividade em prol da coesão e organização do movimento associativo concelhio.

Destaca-se da sua acção a participação em vários projectos comunitários como é o caso da Rede Social, do Seixal Saudável e da revisão do Plano Director Municipal, bem como a organização do Agita Seixal e as comemorações do Dia Nacional das Colectividades. De realçar ainda a participação nas iniciativas nacionais da CPCCRD e a colaboração sempre que possível nos projectos nacionais da mesma.