Plano de Actividades e Orçamento 2009

Plano de Actividades


Introdução

Para o ano de 2009 a Direcção da Associação das Colectividades do Concelho do Seixal (ACCS) apresenta um plano de actividades assente na continuidade do trabalho já realizado, apostando ainda assim numa maior proximidade com o movimento associativo concelhio e numa maior visibilidade da própria ACCS enquanto representante desse mesmo associativismo.

Pretende-se, por um lado criar novas dinâmicas entre associados e órgãos sociais, com reuniões regulares e por outro manter e desenvolver a organização de iniciativas pontuais de envolvência concelhia.

Para atingir tais objectivos contamos naturalmente com a colaboração de todos os órgãos sociais e de todas aquelas colectividades que diariamente dão vida ao Concelho do Seixal e o colocam ao nível dos melhores do país no que ao associativismo diz respeito.

Plano de Actividades

Movimento Associativo:


•    Continuar a desenvolver uma consistente e continuada intervenção no sentido da afirmação do Movimento Associativo Popular (MAP) no Concelho do Seixal.
•    Continuar a promover uma cada vez maior aproximação com as colectividades do concelho, identificando as suas necessidades e as suas iniciativas, procurando estar sempre presente nos eventos mais importantes e significativos, estreitando e consolidando os laços de amizade e de ligação da ACCS com as colectividades e vice-versa.
•    Defender os interesses das colectividades junto dos organismos públicos e privados.
•    Continuar a disponibilizar-se junto do movimento associativo concelhio para intervir, colaborar e assessorar nas questões por ele solicitadas e que se enquadrem no âmbito das suas competências.
•    Promover a captação de novas associadas.
•    Aprofundar o diálogo com as colectividades do Concelho tendo em vista o debate e a troca de ideias e experiências.
•    Participar e defender, em conjunto com a Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura Recreio e Desporto (CPCCRD), todas as propostas que visem, junto do Poder Central, a consagração de direitos que assistem ao MAP.
•    Participar e colaborar nos encontros e iniciativas nacionais promovidos pela CPCCRD.

Iniciativas:

•    Promover a realização de reuniões sectoriais com as colectividades de cada freguesia do Concelho.
•    Desenvolver todos os esforços para a realização do “VI Encontro de Colectividades do Concelho do Seixal”
•    Comemorar o Dia Nacional das Colectividades com a organização de uma iniciativa alusiva ao mesmo.
•    Comemorar condignamente, com o movimento associativo concelhio, o aniversário da ACCS.
•    Ter representação e integrar, mais uma vez, as comemorações do 25 de Abril com um pano alusivo à data.
•    Promover a realizar o Agita Seixal, enquadrado no Agita Portugal, cujo projecto foi lançado em 2002 pela CPCCRD de acordo com o repto da Organização Mundial de Saúde que proclamou esse mesmo ano o Ano Internacional da Actividade Física, Saúde e Bem-Estar.
•    Investir na área da comunicação e da imagem, com algum ênfase nas novas tecnologias.

Formação:

•    Promover e propor em parceria com o Gabinete de Apoio ao Movimento Associativo da Câmara Municipal do Seixal, acções e programas de formação para dirigentes e outros activistas associativos, funcionários e colaboradores das colectividades, no sentido de melhorar, modernizar e optimizar o funcionamento das mesmas e a sua capacidade de resposta às novas situações que vão surgindo.
•    Promover e divulgar as acções de formação propostas e disponibilizadas, a nível nacional, pela CPCCRD.

Parcerias:

•    Dar continuidade à participação e intervenção social enquanto instituição integrada em várias estruturas, dando o seu contributo, nomeadamente:

• Na Comissão Organizadora da Seixalíada, tendo aceite o desafio de gerir, em conjunto com essa mesma Comissão, o subsídio anualmente atribuído pela Câmara Municipal do Seixal para apoio à iniciativa;
• Na Comissão Coordenadora e Comissão Directiva do Projecto Seixal Saudável;
• No Concelho Local e Núcleo Executivo de Acção Social da Rede Social do Seixal;
• Na Plataforma “Juntos pelo Hospital no Concelho do Seixal”;
• Na Comissão Mista de Coordenação da Revisão do Plano Director Municipal do Seixal;
• Na Comissão de Protecção de Crianças e Jovens;
• No Senado da Universidade Sénior;
• No Conselho Nacional da CPCCRD.

Receitas Despesas
Descrição Valor Descrição Valor
Seixalíada €90.000 Seixalíada €90.000
Quotização €1.000 Dia Nacional das Colectividades €1.700
Subsídios diversos €1.500 Agita Seixal €400
Subsídio CMS €4.200 Encontro de Colectividades €2.300
Formação €300
Despesas de Funcionamento €800
Despesa de representação e promoção €1.200
TOTAL €96.700 TOTAL €96.700

Conclusão

Só unido e coeso, pode o MAP alcançar objectivos como o seu correcto enquadramento jurídico e a sua merecida visibilidade social por parte dos poderes instituídos. Só organizado e moralizado pode o MAP mostrar a sua força, a sua importância e insubstituível função social. Da parte da ACCS existe uma grande vontade de contribuir para o alcançar destes e de outros objectivos, na medida das suas capacidades e de acordo com a vontade das associadas. Para tal desejamos que todos os associativistas do Concelho se juntem a nós, nos apoiem e acreditem neste grande poder que é o associativismo.




A Direcção